Menu

Policial Militar atende ocorrência sozinho, é agredido e tem arma furtada

[rt_reading_time label="" postfix="minutos de leitura" postfix_singular="minuto de leitura"]

Por volta da meia noite desta sexta-feira (21), a Polícia Militar de Agrolândia foi acionada para atendimento a uma ocorrência na Estrada Geral Rio Novo. O motivo do deslocamento, foi por uma ligação em razão de perturbação de sossego.

Quando o policial chegou ao local, parou a viatura na entrada da residência, foi quando um homem já chegou ao lado da viatura e não deixou o militar desembarcar. Após discussão, o homem pegou o policial pelo pescoço dentro da viatura, sufocando o mesmo. Foi quando os filhos do agressor entraram na viatura pelas portas de trás, e começaram a desferir socos no policial, o atingindo no rosto e no corpo. O militar então sacou a arma e efetuou dois disparos, que não acertaram os autores das agressões. Um dos agressores ainda tentou tirar a arma da mão do policial no momentos dos disparos, sendo que conseguiram pegar a arma quando o policial conseguiu ligar a viatura e sair do local.

O militar estava sozinho, então solicitou apoio via Copom. Ele então se dirigiu ao hospital, onde chegou vomitando, com sangue no rosto, fratura no nariz, lesão nos olhos e marcas de estrangulamento no pescoço. O policial precisou ficar internado no Hospital de Agrolândia, e na manhã desta sexta, foi conduzido ao Hospital Regional Alto Vale, em Rio do Sul, para realizar exames por conta de suspeita de traumatismo craniano.

A viatura estava bastante danificada.

As guarnições da região deslocaram em apoio onde realizaram buscas pela região para localizar os autores do crime, em como recuperar a arma roubada. Eles não foram localizados até o momento.

De acordo com informações, os mesmos fugiram do local com um caminhão de cor azul.

Caso você tenha alguma informação sobre o paradeiro destes agressores, acione a Polícia Militar no 190.

Mais lidas na semana