Menu

Handcuffs Shackles Ice Clamps Freedom Snow

JUSTIÇA CONCEDE LIBERDADE PROVISÓRIA A PRESOS EM OPERAÇÃO DA POLÍCIA CIVIL

[rt_reading_time label="" postfix="minutos de leitura" postfix_singular="minuto de leitura"]

A defesa dos presos noticiado pelo portal Espião Noticias que haviam sido detidos, questionada, nos informou sobre a  atualização do caso, a qual segue abaixo:

Após passar por audiência de custódia na tarde de terça feira, (01/11), a justiça concedeu liberdade provisória à dois dos três presos em (31/10) na operação da DIC da Polícia Civil de Videira.

O Ministério Público, requereu a homologação do flagrante, com a consequente decretação da prisão preventiva dos acusados. A defesa, por intermédio do advogado Dr. Ricardo De Proença, requereu a não homologação do flagrante e o relaxamento das prisões face às nulidades constatadas ou subsidiariamente a revogação da prisão e aplicação de medidas diversas da prisão.

O juízo acatou o pleito da defesa e acabou concedendo a liberdade provisória para dois dos três acusados, que poderão responder ao processo em liberdade.

De acordo com a defesa dos suspeitos, agora o processo tramita sob segredo de justiça.

O QUE DIZ A POLICIA CIVIL?

A DIC de Videira, por sua vez, esclareceu que o flagrante foi homologado, isto é, tanto o Ministério Público quanto o Poder Judiciário entenderam que não houve qualquer nulidade, principalmente as alegadas pela defesa. Esclarece ainda que o motivo da soltura de dois conduzidos, foi que ambos não possuem antecedentes criminais e, em tese, não oferecem risco à ordem pública, porém continuam respondendo a processo pelo crime de tráfico de drogas sob a condição de não poderem sair de Videira sem autorização do juiz e se recolherem em casa após às 20h. Destaca a DIC que, até o momento, nenhuma das alegações da defesa foram acolhidas.

Mais lidas na semana