Menu

Search
Close this search box.
Search
Close this search box.

DIC de Joaçaba identifica e prende homem que matou jovem com tiro de pistola .45

Em menos de 24 horas, a DIC (Divisão de Investigação Criminal) da Polícia Civil de Joaçaba elucidou o homicídio ocorrido na tarde da terça-feira (8) no bairro São Brás, quando o corpo de um jovem foi encontrado com um tiro na cabeça na Rua Francisco Schatz, proximidades de um ferro velho.

O responsável pelo crime foi detido em Vacaria, no Rio Grande do Sul, depois que os agentes da Polícia Civil de Joaçaba, com o auxílio da Polícia Rodoviária Federal, interceptaram o veículo dele. O indivíduo ainda estava com a arma do crime, uma pistola calibre .45.

 

O delegado regional Gilmar Bonamigo informou que os familiares da vítima conseguiram identificá-la após a divulgação das fotografias das tatuagens. O jovem, de 23 anos, residia na cidade de Almirante Tamandaré, no Paraná, enquanto o autor, com 36 anos, morava em Foz do Iguaçu, também no Paraná.

A investigação revelou que o autor havia buscado a vítima em sua casa na segunda-feira (7). Ambos viajaram até Lages, onde passaram a noite, e na tarde de terça-feira (8), estiveram em Joaçaba. Depois de cometer o homicídio, o indivíduo voltou para Campos Novos.

A equipe da DIC empreendeu uma busca intensa, mas não conseguiu localizá-lo naquele momento, pois dispunha apenas das informações do veículo, que foi identificado pela família da vítima e flagrado por imagens de segurança de uma empresa de Joaçaba.

Assim que o dono do veículo foi identificado, o delegado solicitou a prisão temporária do suspeito, e o pedido foi concedido pelo Poder Judiciário da Comarca de Joaçaba.

Após ser preso, o autor foi recambiado para Joaçaba e deverá ser interrogado ainda na manhã desta quinta-feira (10). “Escolheu a cidade errada para matar. Não devia ter aumentado nosso índice de criminalidade. Seu castigo é a prisão, onde já se encontra”, concluiu Bonamigo.

Créditos: Portal Caco da Rosa

Imagens e informações: Policia Civil