Menu

Search
Close this search box.
Search
Close this search box.

Condenado a 15 anos réu que tentou matar a ex-companheira e dois amigos por ciúme

O relacionamento entre o réu e uma das vítimas havia terminado. Inconformado e por ciúme, o homem tentou matá-la com 19 facadas. Pretensão estendida aos dois amigos que a acompanhavam em um evento no Meio-Oeste. O homem foi a júri popular na comarca de Herval d’Oeste e condenado a 15 anos de reclusão, em regime fechado, pela tripla tentativa de homicídio.

Os fatos, conforme consta na denúncia em processo que tramita em segredo de justiça, ocorreram em abril de 2022. Todos estavam no mesmo local. O réu se sentiu enciumado porque a ex-companheira confraternizava com dois amigos. Ele esperou os três saírem do evento e foi ao seu encontro para matá-los.

Na rua, o réu correu em direção a primeira vítima e buscou atingi-la duas vezes com uma faca. Na sequência, se deslocou até a segunda vítima. O homem foi atingido por três golpes de faca no peito, costas e lateral do corpo. A ex-companheira foi a terceira vítima.

Na tentativa de feminicídio, o acusado segurou a mulher pelos cabelos e a derrubou no chão. Ele desferiu sete golpes no pescoço, outros sete na mão direita, fraturou um dedo e a deixou desacordada. Ao perceber que a mulher não havia morrido, voltou e desferiu mais três golpes até que desmaiasse novamente. O homem fugiu do local quando populares acionaram a polícia.

O juízo manteve a prisão preventiva do réu que já ameaçava a ex-companheira de morte em oportunidades anteriores ao fato e a perseguia em diversos locais munido com faca.

Taina Borges – NCI/TJSC – Serra e Meio-Oeste

Taina Borges