Topo Destaque

Lei dos aplicativos- Oito projetos devem ser votados na sessão ordinária desta terça, 26

Lei dos aplicativos- Oito projetos devem ser votados na sessão ordinária desta terça, 26

 

Os vereadores da Câmara de Videira devem estar reunidos na noite da terça-feira, 26, para mais uma sessão ordinária. Na ocasião, devem ser votados oito projetos de lei, sendo seis em segundo turno e dois em primeiro turno. A reunião inicia às 18h45min, com acesso ao plenário pela Rua Adolfo Konder e transmissão ao vivo pelo Facebook e pelo YouTube.

Pauta

Em segundo turno, deve ser votado o Projeto de Lei número 104/2021, que dispõe sobre a prestação do serviço de transporte remunerado privado individual de passageiros no âmbito do município de Videira. De autoria do Executivo, a proposta visa definir os parâmetros e diretrizes para o transporte por aplicativo.

 

Deve ser votado o Projeto de Lei número 108/2021, que declara de utilidade pública o Grupo Escoteiro Sentinelas do Rio do Peixe. Segundo o Executivo, a associação atende todos os requisitos previstos em lei para receber as vantagens e direitos que o título prevê.

 

Será votado o Projeto de Lei número 109/2021, que visa alterar a descrição quanto a extensão da Rua Aloysio Pedro Kroeff, localizada no Loteamento Gaudêncio Ferlin, uma vez que ela terá um prolongamento até o final do Loteamento Santi. A delimitação desse prolongamento, por sua vez, é objeto do Projeto de Lei número 110/2021 já que necessita de legislação específica.

 

Será apreciado o Projeto de Lei número 111/2021, que institui o Dia Municipal da Fibromialgia, autoriza o atendimento preferencial e dá outras providências. O objetivo da proposta de autoria de todos os vereadores é promover o conhecimento a respeito dessa doença, que é caracterizada por dores crônicas, além de, através de algumas medidas, proporcionar melhores condições aos seus portadores.

 

Deve ser analisado o Projeto de Lei número 112/2021, que autoriza o Poder Executivo Municipal proceder a concessão de direito real de uso de imóveis públicos que especifica à empresa Sirius Artefatos de Ferro. A empresa em questão solicitou ao Município um terreno para que possa ampliar suas atividades.

 

Já em primeiro turno, deve ser votado o Projeto de Lei Complementar número 016/2021, que altera a lei que cria o serviço autônomo de água e esgoto do município de Videira como entidade autárquica de direito público da administração indireta e dá outras providências. Segundo o Executivo, a alteração na lei que criou a Visan visa a atualização para incorporar os serviços de coleta e destinação dos resíduos sólidos, já que era previsto apenas o abastecimento de água e esgotamento sanitário. Assim, a Visan poderá promover a gestão de toda a cadeia e contratação das empresas para a coleta de resíduos, bem como promover a cobrança da taxa de lixo. A intenção é centralizar, portanto, na autarquia municipal todo o saneamento do município.

 

Por fim, deve ser votado o Projeto de Lei número 103/2021, que dispõe sobre a instituição da Gestão Democrática do Ensino Público da Rede Municipal de Ensino de Videira. De acordo com o Executivo, o principal ponto da gestão democrática consiste na escolha do diretor e do diretor adjunto das unidades escolares através de uma série de critérios a serem examinados por uma banca. A participação da comunidade escolar, por sua vez, deve ser feita através de consulta pública para auxiliar na avaliação da banca.

Via Assessoria da Câmara Municipal de Videira

Escreva seu comentário

Related posts