Topo Destaque

Help Recursos de multas apresenta- Recorrer ou não recorrer de uma multa?

Help Recursos de multas apresenta- Recorrer ou não recorrer de uma multa?

VOCÊ sabia que em Videira, tem a Help Recursos de Multas?

Foi multado e não concorda com a multa, recorra!!
A Help Recursos de multas é uma especializada no assunto e pode ajudar você!
Estamos atendendo na Rua Marechal Floriano Peixoto 573, em Videira-SC
Fone (49) 3202-6042
Whatsapp: (49)98837-9163

Quando você é autuado numa infração de trânsito seja ela qual for, pode fazer duas coisas:

1. Recorrer, ou

2. Não Recorrer

Muito óbvio não é?

Creio que a maioria das pessoas que são autuadas numa infração de trânsito, não recorre da multa, muitas vezes por “não saber” que podem se defender.

Entendo que esta é uma cultura do nosso País, devido a ausência de informação sobre o tema , onde o cidadão que foi autuado acha que deve pagar a multa por tê-la cometido e ficar quieto.

Entretanto, por mais que você tenha cometido a infração, ainda assim é possível anular esta multa, pelo simples motivo de que as multas de trânsito somente são anuladas se houver algum vício formal ou processual, e não porque você não tenha cometido a infração!

Em outras palavras, não adianta você querer JUSTIFICAR que não cometeu a infração, ou que cometeu por algum motivo e que o órgão de trânsito poderia lhe “perdoar” porque você não teve a intenção de infringir a lei de trânsito, ou porque é uma pessoa boa e religiosa e etc…

Isso JAMAIS vai anular uma multa de trânsito!

Entenda uma coisa:

Dar justificativas do cometimento da infração é pura perda de tempo, antes, você deve aprender ou contratar alguém para fazer uma DEFESA TÉCNICA baseada na Legislação e nas normas gerais e específicas de trânsito!

Obviamente, que nem sempre vai ocorrer erros que possam ensejar a anulação da multa, mas mesmo assim, você possui o direito de defesa.

Em Videira, a A Help Recursos de multas, pode ajudar você a resolver os problemas que envolvem a sua CNH.

Artigo: Jus BRasil/ Marcelo Vaes

Escreva seu comentário

Related posts