Topo Destaque

Reviravolta- Homem que morreu em acidente, pode ter matado o colega momentos antes

Reviravolta- Homem que morreu em acidente, pode ter matado o colega momentos antes

Na noite desta quinta-feira (17), a Polícia Civil divulgou detalhes sobre a investigação de duas mortes em Lebon Régis. De acordo com o delegado coordenador da DIC, Fernando Guzzi, as investigações ainda estão em curso, e estão pendentes laudos periciais, oitivas de testemunhas, entre outros. “Porém, para informar a população, a Polícia adianta que o laudo cadavérico de Jaisson Gomes Pinto, 26 anos, aponta que a causa da morte foi um golpe na cabeça com um objeto semelhante a uma barra de ferro, ou seja, o armazenista teria sido vítima de homicídio”.

Segundo relatos, as análises de câmeras de seguranças indicam que apenas Jaisson e José Maria Varela, 46 anos, outro funcionário, estavam no interior do armazém da unidade operacional no momento do óbito. Tendo em vista que José deixa o armazém sozinho, ele é considerado o suspeito do homicídio do colega. Em buscas, a Polícia Civil apreendeu um pé de cabra, a ser submetido a perícia, para se apurar se é a arma do crime. A motivação do crime não foi apurada pela Polícia até o momento.

O envolvimento dos demais funcionários ou outras pessoas resta descartado pela Divisão de Investigação Criminal. José Maria deixou a unidade operacional sem pedir autorização ou falar com os demais funcionários, e se envolveu em acidente de trânsito que o levou a óbito poucos minutos depois, entre a unidade da Coopercampos e o centro urbano de Lebon Régis. As causas do acidente ainda não foram apuradas pela Polícia Civil, que aguarda laudo pericial do Instituto Geral de Perícias, a fim de tentar determinar se a colisão foi acidental ou intencional.

Via Diário Rio do Peixe

 

Escreva seu comentário

Related posts