Topo Destaque
Topo Destaque
Topo Destaque

Suspeito de estupro contra a própria filha, é preso pela Policia Civil

Suspeito de estupro contra a própria filha, é preso pela Policia Civil

Na tarde desta segunda feira, (06/05), a Polícia Civil, por intermédio da Delegacia de Proteção à Criança, Adolescente, Mulher e Idoso de Caçador (DPCAMI), cumpriu mandado de prisão preventiva expedido em desfavor de M.A., de 34 anos, investigado pela prática de crime de estupro de vulnerável contra a filha de 12 anos.

Segundo o Delegado da DPCAMI, Luis Eduardo Machado Córdova, em abril chegou ao conhecimento da Polícia Civil notícia no sentido de que uma menina de 12 anos teria sido abusada sexualmente pelo pai.

Diante da notícia, a vítima foi encaminhada para o Instituto Médico Legal, oportunidade em que foi constatada a ruptura himenal da menina. A partir da confirmação da conjunção carnal pelo exame pericial, a vítima foi encaminhada para atendimento psicológico, tendo o psicólogo policial André extraído informações da menina que confirmavam a prática do crime sexual.

Segundo relatório de atendimento psicológico, a conjunção carnal mantida entre pai e filha ocorreu quando a vítima possuía apenas 10 anos, havendo ainda mais dois episódios de abuso sexual, dos quais não resultaram conjunção carnal.

Após confirmação dos fatos, em razão da gravidade do crime investigado e, sobretudo, com a finalidade de impedir que o suspeito voltasse a cometer crime sexual contra a filha e até mesmo fizesse com que ela alterasse a verdade sobre os fatos, o Delegado representou pela prisão preventiva de M.A., o que prontamente foi deferido pelo Poder Judiciário.

O Delegado informa que, com a prisão do investigado, o procedimento deve ser finalizado em até 10 dias, permanecendo o investigado preso à disposição da Justiça.

* Os nomes e as imagens dos envolvidos, bem como o bairro onde ocorreu o fato não foram divulgados, por envolver um menor de idade e respeitar o que determina o ECA (Estatuto da Criança e do Adolescente).

Com as informações da Policia Civil

Escreva seu comentário

Related posts