Topo Destaque
Topo Destaque
Topo Destaque

Crime bárbaro- Homem é encontrado carbonizado em área rural

Crime bárbaro- Homem é encontrado carbonizado em área rural

Um corpo carbonizado foi encontrado na manhã desta sexta-feira, 7, em uma estrada na linha Adolfo Konder, no interior de Caçador, próximo ao Espaço Bela Vista. O cadáver portava documentos em nome de Marcelo Balbino Correia, de 22 anos, vítima de um roubo ocorrido nessa quarta-feira, 5.

De acordo com informações da Polícia Militar, um homem que trabalha em uma empresa próximo ao local encontrou o cadáver e acionou a polícia, por volta das 7h40. O corpo queimou parcialmente e aparentava estar amordaçado.

O local foi periciado pelo Instituto Geral de Perícias (IGP). Uma pochete foi encontrada embaixo do corpo e nela continha uma carteira contendo documentos de Marcelo. Segundo os peritos, a foto da identidade bate com as características da vítima, mas a identificação ainda não é oficial.

O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) para exame de necropsia, a fim de apurar se a vítima apresentava lesões, já estava morta antes de carbonizar e outros detalhes pertinentes à elucidação do crime.

A Divisão de Investigação Criminal (DIC), da Polícia Civil de Caçador, investiga o caso. Agentes e o delegado estiveram no local coletando informações e acompanhando a perícia. A situação é tratada inicialmente como homicídio.

Relembre o caso

Marcelo Balbino Correia é natural de Juazeiro do Norte, no Ceará, e veio para Caçador há pouco tempo, onde estava trabalhando como vendedor ambulante. Antes disso, ele morava em São Paulo.

Na última quarta-feira, 5, Marcelo foi vítima de um roubo cometido com arma de fogo. Três pessoas foram identificadas pela PM como autores do crime, sendo um homem de 18 anos, uma jovem de 19 e um adolescente de 17, com o qual também foram apreendidas drogas e uma arma artesanal.  

Os maiores de idade continuam presos, e o menor se encontra recolhido no Casep (Centro de Atendimento Socioeducativo Provisório). Há suspeita que um quarto indivíduo tenha participado do roubo.

Fonte: Caçador Online

Escreva seu comentário

Related posts