Topo Destaque
Topo Destaque
Topo Destaque

Inaugurado presidio feminino no Oeste que receberá detentas da nossa região

Inaugurado presidio feminino no Oeste que receberá detentas da nossa região

O Presídio Feminino de Chapecó, instalado no Complexo Penitenciário da cidade no Oeste catarinense, começou a receber detentas nesta segunda-feira (26). A construção, que começou a ser erguida em 2014 com prazo de entrega para dois anos, foi inaugurada na sexta (23) e tem capacidade para 286 vagas. O prédio custou R$ 16 milhões.

Atualmente, o estado conta com cinco presídios exclusivamente femininos e 11 mistos, que abrigam 1.047 presas.

Conforme divulgado pelo governo do estado, o presídio é regional e as primeiras transferências deverão ser de presas que estão na unidade de Chapecó e, em intervalo de dez dias, das demais regiões.

A unidade é voltada para presas provisórias e será ocupada inicialmente por 78 presidiárias de Chapecó, 13 de Concórdia, 19 Joaçaba e 26 de Caçador, somando 136. O prédio tem áreas para berçário, lactário, brinquedoteca, creche, atendimento médico e odontológico, salas de aula, além de dividir as celas por gênero e infração, disse o governo.

No total, 74 agentes penitenciárias femininas e 17 agentes penitenciários masculinos atuam na unidade, além de 13 assistentes administrativos, um médico, um dentista, duas enfermeiras, duas técnicas de enfermagem, duas psicólogas e duas assistentes sociais. Há ainda ala específica para gestantes e materno-infantil. As galerias são separaras por regime de pena, como provisório, fechado e semiaberto.

O Complexo Penitenciário de Chapecó, construído em uma área de 250 mil metros quadrados, conta com aproximadamente dois mil reclusos em quatro blocos: Penitenciária Industrial, Presídio Regional Feminino, Penitenciária Agrícola e Presídio Regional Masculino.

O governo disse que está investindo em outros dois presídios femininos no mesmo formato, em Itajaí e Joinville. Os três presídios femininos somam 856 vagas para presas provisórias.

Créditos: ADR Chapecó

 Foto: Andréia Oliveira/ADR Chapecó

Escreva seu comentário

Related posts